Por que os políticos fazem plástica antes da eleição

Se você pensou: “eles querem ter uma cara mais agradável para atrair eleitores que não se preocupam em saber das promessas ou currículo”,  acertou! Essa também é a ideia que Fernando Reinach, biólogo, defende em texto (com mesmo título do post) do livro A longa marcha dos grilos canibais”, uma coletânea de crônicas – do mesmo autor – sobre ambiente e ciência.

A explicação é que o nosso cérebro foi habilitado para avaliar membros da nossa espécie com os quais nos comunicamos diretamente. Então, quando temos de analisar estranhos, a situação fica complexa. “Selecionar um líder entre os candidatos com os quais nunca interagimos é uma novidade para o cérebro humano, e não é tarefa que ele, mesmo educado, faça com facilidade. Se puder escolher, nosso cérebro prefere utilizar poucas informações obtidas em interações diretas” […] Quando forçados a decidir com base em informações indiretas, os mecanismos utilizados pelo cérebro são primitivos e irracionais.”, diz Reinach.

Pensando nisso, dá pra listar duas atitudes comuns de candidatos em campanha, usadas para reduzir o estranhamento dos eleitores: as cirurgias plásticas ou reconstrução da imagem física para ficarem mais bonitos e o “corpo a corpo” nas comunidades e grupos, para dar aquele ar de que são gente como a gente.

Fernando Reinach faz referências a pesquisas científicas que evidenciam empates entre a escolha de líderes, tanto de forma racional como “irracional”.  Em testes, fotos de candidatos vitoriosos e derrotados em eleições foram submetidas a apreciação de pessoas que não os conheciam. Estas deveriam dizer, apenas por meio das fotos dos políticos, se eles pareciam competentes ou incompetentes. Os resultados mostraram uma relação de 70% de acertos entre “os que pareciam, competentes” e os que haviam sido vitoriosos nas votações reais, ditas racionais.

Claro que temos outros pontos para orientar o nosso voto. Mas sei que antes de tudo, o  cérebro vai tentar nos inclinar para o candidato que parece mais familiar e atraente fisicamente.  Sei lá, acho que sempre vou desconfiar dos bonitinhos agora.

Obs:  Recomendo ler o livro. Algumas crônicas podem ser lidas aqui (clica)

2 respostas para Por que os políticos fazem plástica antes da eleição

  1. Cássia disse:

    Pois olhe, minha flor!
    Há plásticas que jamais deveriam ter sido feitas…
    Ficam assustadoras.😉

    Dá para rejuvenescer, mas, como diz a Glorinha Kalil, o frescor da juventude é da juventude!

    Corroborando a tese da “transformação” no imaginário popular, a novela Escrito nas Estrelas faz uma crítica subliminar, no estereótipo de beleza e de riqueza, de poder! Quando da transformação da personagem Viviane/Vitória…

    O que já pude perceber dos políticos é que eles buscam acima de tudo popularizar seus nomes.
    Em todas as épocas! Não apenas nas eleições.
    Desde que se mantenham dentro das expectativas previstas, buscam mostrar nome e imagem, para pontuar e marcar.
    O marketing, para ter nome e fisionomia recordados!
    E, se necessário, apelam sim para as técnicas de rejuvenescimento.

    Faz todo o sentido! :yes:

  2. Hermes disse:

    Tô pensando em começar minha carreira política para aparecer dinheiro e, então, recauchutar minha tela já desgastada…rs,rs,rs!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: