Craft “científico”

Talvez você ache esse tipo de trabalho horroroso. E há dois motivos para esta suposição: muita gente não gosta de imagens científicas e outro tanto detesta artesanato (craft). Mas eu acho  sensacional*, exatamente porque é o encontro do livro de ciências com as linhas coloridas e as contas. Eu gosto de tudo isso.

by CraftyHedgehogEssa rã dissecada em tricô é obra de uma estudante de história, que usa o apelido de Crafty Hedgehog.

by Laura CesariEm colares como este, a artista Laura Cesari tenta reproduzir o universo. É o que ela diz aqui.

E aí temos um neurônio bordado por alguém que se autodenomina Voracius Brain. Eu conheço várias pessoas que adorariam ganhar esse mimo.

A fonte desses achados foi o site Craftzine.

*Eu, @sibelefausto e @AninhaArantes  pensamos que seria bacana oferecer uma oficina de trabalhos manuais em um encontro de cientistas brasileiros.  O problema é a falta de coragem de fazer uma proposta como essa para os cientistas.🙂

13 respostas para Craft “científico”

  1. Lacy disse:

    Oba!
    Posso participar?
    Eu sei fazer crochê, tricô, um pouco de pintura em porcelana e bijouterias. Também sei fazer biscoitos de canela.

  2. Marise Rocha Morbach disse:

    Não há dúvidas de que são muito feias!

  3. Aline Aimee disse:

    Achei bem interessante!

    Beijo!

  4. Cássia disse:

    Me faz lembrar Rosana Hermann, que deixou o mundo da Física para tricotar – literalmente e genialmente – no mundo não científico do humor.
    Biscoitinhos de conchinhas já tem, então não vale.
    rsrsrsrsrsrsrs

  5. Carol M. disse:

    hahahahha, gostei xD
    fala sério, um broche com esse bordado ia ficar bem legal. e o colar é meio comum, né?! se não tivesse a explicação eu nem entenderia…
    já o sapo eu penduraria na parede x)

    bjs

  6. Hermes disse:

    Experiencia muito e bastante e intensamente e particularmente e pessoal e … e…rs,rs,rs!

  7. Sibele disse:

    Quem precisa dessas oficinas com urgência urgentíssima são os pós-graduandos estressados que frequentam muito um certo divã, hahaha!
    Já imaginaram, os pós pegando nas agulhas, relaxando e literalmente tramando seus objetos de estudo de forma lúdica e criativa? Essa oficina vai ser um sucesso, com certeza!!! \o/

  8. Milton T. disse:

    Gostei da obra do tricô, porque é uma arte de muita qualidade. O fato de muitos não gostarem, ou se sentirem incomodados já demostra que ela não é indiferente, nem passa despercebida

    =)

  9. Oi Alessandra,

    Eu gostaria de te mandar o artigo “Metáforas cientificas no discurso jornalistico”para vc dar uma olhada. Como faço? Acho que estou sem seu email.

    Me mande um reply para okinouchi.at.gmail.com

  10. “Eu, @sibelefausto e @AninhaArantes pensamos que seria bacana oferecer uma oficina de trabalhos manuais em um encontro de cientistas brasileiros. O problema é a falta de coragem de fazer uma proposta como essa para os cientistas.”

    Alessandra, um cara que vai gostar é o Marcelo Knobel, prof. de Física da Unicamp e atual pró-reitor de Graduação daquela universidade. Ele tem grande interesse e envolvimento com divulgação científica, vive por trás de diversos eventos de divulgação e curte bastante a articulação da ciência com a cultura e a arte. De repente você pode mandar um e-mail para ele dizendo o que você quer fazer para que, quando houver um momento adequado, ele te contacte. Se te interessar, posso te enviar o contato.

    http://www.mknobel.net/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: