Pode beijar a noiva!

noiva cadaver

No filme “A noiva cadáver”, de Tim Burton, o mocinho Vítor casa acidentalmente com uma noiva morta-viva, com quem vai viver no mundo dos mortos. E lá ele descobre que os mortos são mais alegres que os vivos que conhece. Não é um filme novo, mas foi dele que me lembrei, quando fui convidada pelo jornalista e provocador (rs) Jorge Rocha a comentar sobre uma fofoca nova-velha: a morte dos blogs ou da blogosfera.  Para mim, os blogs são como a noiva-cadáver.  Estão cambaleantes como novidade, mas sobrevivem e ainda são atraentes.

Não quero falar de formato de blog, nem de gênero, nada de classificação.  Não sou estudiosa, apenas observadora (e usuária) sem compromisso. Outro dia, em uma conferência, eu falava sobre vários blogs muito específicos e um sujeito twittou “Alessandra agora está falando sobre blogs de tosqueiras”. Quando vi isso, ri e fiquei pensativa sobre como um pesquisador de cibercultura jogava tudo dentro de um balde só. Eu não consigo encarar como besteira, por exemplo,  o blog de uma dona de casa que publica os vídeos – feitos por ela – para explicar melhor um ponto de tricô. Ou os blogs de pessoas que experimentam – por vontade própria – comidas, roupas e cosméticos e escrevem sobre isso.

Esse espalhamento do uso dos blogs é visto por algumas pessoas como fator de decadência . Agora que todo mundo usa, perdeu o glamour e “vamos partir para outra”.  É uma bobagem pensar assim, mas também pode ser uma reação positiva, quando dá início a outras formas de se expressar na web. Parece que um pessoal tem preferido fazer vídeos e podcasts em vez de só escrever.

Os blogs não estão morrendo, mas sim ficando comuns. E, assim,  a ideia da existência de uma blogosfera torna-se vazia, o que deve deixar os taxonomistas frustrados ou excitados para criar novos nomes. O mundo dos blogs é a web, que se tornou parte da vida diária das pessoas – e a cada dia um pouco mais.  O que é ultrapassado para os precoces ainda pode ser surpreendente para muita gente.

Leia análises bem elaboradas deste assunto nos blogs dos feras que também responderam ao Jorge:  Ana Brambilla, Alec Duarte e Beth Saad.

3 respostas para Pode beijar a noiva!

  1. […] A classificação, e só ela, provavelmente tenha sido passado para trás pela superpopulação num ambiente agora devidamente desbravado e absorvido. É o que pensa, também, a jornalista Alessandra Carvalho. […]

  2. […] o fim da blogosfera, ironicamente, se tornou o assunto da vez nos blogs. Para Alessandra Carvalho, blogueira desde 2005, “os blogs não estão morrendo, mas sim ficando comuns. E, assim,  a […]

  3. Hermes disse:

    É acho que os blogs ficaram mais seletivos… os politicos vão para o twitter.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: