It’s good to blog!

26/02/2009

É uma dica de hoje –  por  Antonio Granado

“QUANDO A revista Nature publica em editorial que blogar é bom, isso é uma notícia.”

Anúncios

Notícias nada boas

25/02/2009

Trabalhar demais aumenta risco de demência. Já desconfiava disso, quando eu trabalhava umas 50 horas semanais e começava a trocar palavras,  assim como fazia a Magda do humorístico “Sai de baixo”. Chamava chaveiro p/ banheiro,  roer para roncar etc.

Não deixe de ler e considerar que:  “As desvantagens das horas extras devem ser levadas a sério”, afirmou a pesquisadora que liderou a pesquisa Marianna Virtanen, do Instituto Finlandês de Saúde Ocupacional.

Otimismo é determinado pelos genes. Prefiro não acreditar.  Junto com esses resultados,  geralmente surgem novas terapias caríssimas, que prometem resolver  o problema  e dar uma ajeitada no doente.  Apesar de não ser boa notícia, acho que o golpe maior é contra  os autores de livros de auto-ajuda.


Just because é carnaval!

19/02/2009

Não sou ligada em carnaval, mas não dá pra ignorar o evento brasileiro. Então,  para o povo que diz que eu não sei o que é bom, resolvi postar esse vídeo de uma música que adoro, mostrando as semelhanças da performance desta banda de rock com uma escola de samba:

– tem “puxador” energizado com garganta boa, que usa terno brilhoso e sapatos brancos;

– tem uma bateria potente, músicos suados e concentrados fazendo um som que desperta até defunto; e

– tem mulheres com pouca roupa, que  empinam a bunda e rebolam  até o chão.

=)  tudo certo!


Paralelo aos 200 anos de Darwin

16/02/2009

adao16022009

“É espantoso quando a “sabedoria madura” parece estar cansada demais”, anotou Lazarus Long em seu caderno. Dizem que as pessoas vão ficando velhas e mais sábias. Ou que cristalizam pormenores. Acredito e tento ver os avanços em mim e  nos outros. Mas há gente que continua agindo da mesma maneira cabeçuda sempre. Algumas espécies de gente desse tipo:

-Há pessoas que casam ou começam a namorar e desaparecem da face da terra. E só reaparecem quando o namoro acaba ou o casamento entra em crise.

-Há quem mergulhe no trabalho, passe madrugadas fazendo tarefas, entregando-se exageradamente à empresa e esqueça o resto do mundo. Um dia, o telefone toca e é a criatura dizendo que está com estafa, doente ou foi demitida.

-Há os paranóicos que sempre encontram alguém no novo trabalho que deseja “puxar o tapete” deles.
-E há muitos outros, mas os mais lamentáveis são aqueles que, assumindo uma posição “melhor”, acreditam que são fantátiscos e que todos  devem render homenagem a eles.

Quando um amigo seu se transforma nessa última espécie, você fica assustado? Eu fiquei. Mas deixei-os entregues à autofagia.

As pessoas mudam com a maturidade, nem sempre evoluem. Mas há os que se aperfeiçoam em suas boas habilidades de ser humano e isso deixa o ambiente mais habitável.


A saúde que importa aos laboratórios

05/02/2009

Duas informações complementares sobre saúde publicadas hoje. A primeira na página de  saúde do Estadão:

1) Falta verba para estudo de doenças que afetam países pobres

Infelizmente, nenhuma novidade nesta manchete. A informação interessante da matéria, por mostrar algum sinal de preocupação,  é:

“Pela primeira vez um trabalho revela o valor aplicado em pesquisas sobre doenças negligenciadas no mundo.” (AE)

A segunda notícia está na página de  tecnologia do G1. E admito que gostei da pegadinha usada pelo Sr. Gates.

2)  Bill Gates solta mosquitos em conferência para alertar sobre malária

” ‘Essa doença se espalha através de mosquitos. Vou deixar alguns voarem por aí. Não há motivos para apenas as pessoas pobres serem infectadas”, afirmou durante o evento, que atrai profissionais da indústria de tecnologia, entretenimento e design. O co-fundador da Microsoft esperou algum tempo em silêncio, para depois dizer que aqueles mosquitos não eram capazes de transmitir malária.

“Há mais dinheiro sendo investido em remédios contra calvície do que no combate à malária”(…).. “Calvície é algo terrível, que aflige homens ricos. Por isso, esse assunto se tornou uma prioridade”, ironizou um dos homens mais ricos do mundo. ‘ “(G1)

+  sobre o tema: livro  “A verdade sobre os laboratórios farmacêuticos” – de Marcia Angell.


Simples, simples

03/02/2009

05

Voltei para Niterói-RJ, depois de um mês em Santarém-PA. Por lá, observei uma situação social, política e ambiental complexa para se comentar com brevidade.  Consegui ver melhor algumas coisas ligadas à família  e a relações humanas. Compartilhei “leituras sobre o mundo” com pessoas bacanas. Pude me sentir “mais amazônida”, pelo lado que as fotos turísticas não mostram. E me diverti bastante com meu irmão de 16 anos.  Foi um dos melhores “janeiro” naquelas terras. =) … apesar da internet lenta…