Flying saucers

Uma das leituras de férias foi o “-sse”, livro de contos de Erly Vieira Jr, colega capixaba cheio de talentos. Vários textos possuem semelhanças com situações que vivi. Mas uma passagem do texto “Vez por outra” me fez lembrar de uma época aterrorizantemente sensacional da minha infância no Pará:

“[…] de London, London só decorei o refrão. Achava linda a expressão flying saucers. Mas morria de medo quanto tinha reportagem no Fantástico sobre extraterrestres, caso Roswell, meteoro da União Anestésica. Vez por outra saía correndo da sala e me escondia debaixo do edredom até o programa terminar. Tremicerrado, lábios crispados”.

Eu também gosto do som de “flying saucers”. Mas também tinha um medo danado de ETs. Ao ler o trecho, recordei do final da década de 70, quando eu tinha menos de 10 anos e ouvi falar pela primeira vez nos discos voadores de Colares-PA.  Eu morava em Santarém, bem longe de Colares, mas por lá também se falava do fenômeno chupa-chupa (que era como a população chamava). Contavam os ribeirinhos  que um “aparelho voador” aparecia e jogava neles uma luz forte que os deixava fracos e doentes. Gente, eu passava noites imaginando que uma hora aquilo ia acontecer comigo, que eu ia ser sugada pelo telhado da minha casa.Toda noite era a mesma coisa, o mesmo medo. O bicho-papão da minha infância era um ET vestido de branco…

Depois, na adolescência, o medo se transformou em interesse, comprei livros, guardava recortes de revistas. Mais tarde, morando em Belém-PA, soube que esse momento da história paraense foi marcante para o estudo dos UFOS no Brasil.  A investigação oficial foi chamada de Operação Prato pela Força Aérea Brasileira. Tudo é um grande mistério até hoje.

No YouTube há dois videodocumentários sobre o assunto:

1- Operação Prato (o caso Roswell brasileiro)- exibido pelo History Channel.

2- Chupa-chupa: a história que veio do céu – exibido pela série DOC TV – da TV Cultura.

Hoje não tenho tanto medo de ETS (rs), nem coleciono informações, mas ainda me interesso por algum caso novo. Curiosidade apenas.

3 respostas para Flying saucers

  1. Hermes disse:

    Amanha to indo conferir o filme arquivo X

  2. Por acaso isso foi uma provocação?? Porque, se foi, funcionou!!! hahahaha

  3. linkideia disse:

    Pelo jeito, compartilhamos os mesmos temores na infância e na adolescência.
    Em minha cidade houveram episódios do gênero que, na época, também me fazia angustiar pelo dia com que faria contato com os supostos alienigenas…

    – Esse o vídeo do caso. Bem conhecido também, por sinal.

    Aliás é melhor não falar em sinais. Embora meu trauma pelo assunto tenha passado com a idade, ainda hoje pisco um olho quando vejo o ser do filme “Sinais”. Pra mim, o alien e o predador são duas criaturas fofas. Este é o ET mais feio do cinema!

    Parabéns pelo blog, é minha primeira visita mas já estou cativado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: